Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 16 Novembro 2016 13:09 Última modificação em Quinta, 24 Novembro 2016 11:15

Partido Comunista do México analisa vitória eleitoral de Trump Destaque

Avalie este item
(1 Voto)
País: México / Institucional / Fonte: PCM

[Tradução do Diário Liberdade] As recentes eleições nos EUA deram como resultado a ascensão de Donald Trump à Presidência desse país, após uma enconada campanha que expressa a disputa e antagonismos intermonopolistas, marcada pelo escândalo e o desinteresse pela vida da classe operária e os setores populares.

É necessário assinalar que tanto Trump, como Hillary Clinton, são fiéis representantes do poder dos monopólios, expressam os mesmos interesses de classe, contrários aos do proletariado multinacional dos EUA.

H. Clinton foi apresentada como um “mal menor”, mas ao longo destes anos, juntamente com Bill Clinton primeiro, e depois durante a Administração Obama, foi a responsável direta por agressões militares imperialistas contra os povos da África, Médio Oriente, Europa e América Latina. A dupla Obama-Clinton levou a guerra e destruição à Líbia, Síria; instrumentou os golpes “soft” em Honduras e Paraguai; criou e financiou grupos terroristas; realizou as deportações de trabalhadores migrantes mais em massa dos últimos tempos; efetuou uma política econômica destinada a salvaguardar os lucros dos monopólios no meio da crise de sobreprodução e sobreacumulação do capital, o que significou que os custos os pagassem os trabalhadores, com a redução de seu nível de vida e a agressão a seus direitos sindicais e trabalhistas.

Da mesma maneira que se fosse eleita H. Clinton, a Administração de Trump significará em essência essa política para desvalorizar o trabalho, continuar as agressões e intervenções imperialistas contra os povos e preparativos de uma guerra interimperialista. Significará o ataque aos trabalhadores dos EUA, sobretudo contra os trabalhadores migrantes do México e doutras nacionalidades.

Significará o reforço dos laços com os monopólios mexicanos e com o Estado mexicano que expressa, hoje representado pelo governo de Peña Nieto.

Para lutar contra as medidas bárbaras, para organizar aos trabalhadores migrantes por seus direitos, para construir a aliança e unidade entre os trabalhadores do México, EUA, e as centenas de milhares de trabalhadores migrantes, é necessário reforçar as fileiras do Partido Comunista do México, consequente com uma linha antimonopolista, anticapitalista e anti-imperialista.

Abaixo o imperialismo!

Vivam os trabalhadores do México e EUA!

Proletários de todos os países, uni-vos!

O Burô Político do Comitê Central

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar