Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Sexta, 02 Agosto 2019 01:59

KKE: Barrar todos os processos anticomunistas!

Avalie este item
(0 votos)
País: União Europeia / Institucional / Fonte: PCB

Kostas Papadakis, eurodeputado do KKE, fez uma intervenção sobre os processos anticomunistas na Polônia e na Ucrânia, num debate com a comissária VĕraJourová na Comissão das Liberdades Civis, Justiça e Assuntos Internos do Parlamento Europeu (LIBE), denunciando as inaceitáveis respostas da Comissária a questões relevantes encaminhadas pelo Grupo do KKE no Parlamento Europeu e o interesse hipócrita da UE em “direitos humanos”.

No seu discurso, o eurodeputado do KKE sublinhou o seguinte:

“Senhora Comissária, numa pergunta recente sobre a posição da Comissão Europeia perante o processo inaceitável e anticomunista contra o Partido Comunista da Polônia, o seu jornal e o seu conselho editorial tentaram responder alegando que a Comissão ‘reconhece que alguns Estados Membros se adotou uma legislação que proíbe a utilização de símbolos do passado comunista’ e que ‘a Comissão, no seu âmbito, sempre se comprometeu firmemente [...] com a memória dos regimes totalitários’. ‘Cada Estado-Membro’, disse você, ‘encontrou sua própria abordagem para lembrar sua história’.

Mrs. Jourová, a equiparação do comunismo ao monstro fascista é a-histórica e insubstancial. O que você disse em relação ao totalitarismo não tem fundamento, porque, acima de tudo, fascismo e democracia burguesa têm uma base econômica comum, que é a propriedade capitalista. Ao contrário, no socialismo, riqueza e poder estão nas mãos do povo.

Ao mesmo tempo, a UE está fazendo um barulho na Polônia pela ‘situação no setor da Justiça’, que expressa as crescentes contradições dos grandes interesses dentro da UE e dá total cobertura às leis anticomunistas e aos processos anticomunistas no mesmo país.

O que você também tem a dizer sobre o fato de que, em 16 de julho, o Tribunal Constitucional da Ucrânia impôs uma proibição ao Partido Comunista da Ucrânia? É hipócrita dizer que não tem qualquer responsabilidade sobre os Estados-Membros ou outros países, uma vez que a UE apoia e financia campanhas com conteúdos anticomunistas e não históricos, como o programa ‘Europa para os Cidadãos’ nos Estados-Membros.

Acontece que a UE usa os ‘direitos humanos’ e ‘liberdades políticas’ como uma ferramenta para intervenções e para proteger os interesses a que serve. Aparece como um ‘defensor dos direitos humanos’ supostamente sensível e desinteressado, intervindo nos assuntos internos dos Estados em toda a extensão do mundo. Aplaude e põe a sua marca na escalada do anticomunismo em vários Estados-Membros, o que acompanha a intensidade da sua política antipopular e contra os trabalhadores. Ao mesmo tempo, procura manchar as conquistas do socialismo na consciência dos trabalhadores. Conquistas que os povos experimentaram e ainda relembram com altos índices de aprovação, como mostram as pesquisas nesses países, apesar de toda a lama e calúnia.

O anticomunismo não vingará!

Tirem as mãos dos partidos comunistas poloneses e ucranianos, nos países bálticos!

Tire as mãos dos monumentos comunistas e antifascistas e da verdade histórica!

Exigimos que todos os processos anticomunistas parem aqui e agora!”

Tradução: Partido Comunista Brasileiro (PCB)

Fonte: https://inter.kke.gr/en/articles/All-anti-communist-prosecutions-must-stop/

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar