Publicidade

Diário Liberdade

[Daina Caballero Trujillo] Mauricio Macri chegou ao poder com a promessa de que não haveria ajustes, palavra que causa pesadelos aos argentinos, que agora sofrem o contrário.

Publicado em América Latina
Domingo, 25 Setembro 2016 11:32

O suicídio do FMI

[Valentin Katasonov] O Fundo Monetário Internacional estava encarapitado num galho precário que agora lhe foi cortado.

Publicado em Mundo
Quinta, 22 Setembro 2016 14:06

Macri trouxe o FMI de volta à Argentina

O governo espera que o informe do FMI tenha um tom amigável, com elogios sobre o pagamento aos fundos abutre.

Javier Lewkowicz, para o Página/12

Publicado em América Latina

O Fundo Monetário Internacional disse nessa quarta-feira, 21, que a economia cabo-verdiana começa a dar sinais de recuperação, mas aproveitou para "avisar" de uma alegada situação financeira difícil das empresas públicas.

Publicado em África/Ásia

Os parceiros sociais receberam, hoje, em sede de concertação social representantes do Fundo Monetário Internacional.

Publicado em Portugal

Por Leonardo Pericles

Maria Lúcia Fattorelli é auditora aposentada da Receita Federal e fundadora do movimento “Auditoria Cidadã da Dívida” no Brasil. Escreveu centenas de artigos sobre a necessidade de auditoria da dívida no Brasil e também em demais países dependentes. Tamanha sua competência e dedicação ao tema, foi convidada por governos de outros países para auditar dívidas, como no caso do Equador (2009), que teve 70% de sua dívida anulada, e da Grécia (2015), onde comprovou que o que realmente quebrou o país foi a ação dos bancos e organismos internacionais como o Fundo Monetário Internacional (FMI). Nesta entrevista exclusiva para A Verdade, Maria Lúcia Fattorelli revela que a política de aumento de juros pelo Banco Central segue orientações do FMI e que somente mudando o rumo da política econômica será possível garantir vida digna para todas as pessoas”.

Publicado em Brasil

[Pedro Goulart] Nos últimos meses prosseguiu forte o assédio a Portugal e ao governo de António Costa por parte da gente da CE, do BCE e do FMI, os mesmos que, nos últimos anos, em conjugação com o governo PSD/CDS, muito contribuíram para tornar mais difícil a vida dos trabalhadores e do povo português.

Publicado em Mundo

A dívida pública de Moçambique vem aumentando ao longo dos últimos anos. Em 2012, era de 42% do PIB, e em 2015, segundo um documento do Ministério das Finanças vazado pela agência Lusa, chegou a incríveis 73,4% do produto interno bruto nacional.

Publicado em África/Ásia

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar