Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 13 Agosto 2019 14:00

Fake news: as armas do inimigo

[Aldo Jofré Osório. Tradução: Mariana Serafini] Se eu perguntar com o que você relaciona as fake news, seguramente em algum momento sua cabeça fará a ligação com a ultradireita, seja por Donald Trump, Jair Bolsonaro, Vox, J. J. Rendón, Durán Barba, etc.

Publicado em Mundo

[Elaine Tavares] Uma coisa precisa ficar muito clara. No modo capitalista de produção não há espaço para o direito à comunicação das gentes. Desde que se consolidou, esse sistema busca, na comunicação massificada, apenas uma forma de manipular as informações e formar consciências mansas para a dominação e capazes de consumir as mercadorias desnecessárias que o sistema produz.  Lá nos albores do capitalismo o escritor francês Honoré de Balzac, no seu livro Ilusões Perdidas, descreveu muito bem o papel da imprensa, como um espaço de mentiras e de destruição, não apenas da informação em si, mas do próprio jornalista. Naqueles dias, era o jornal o veículo que cumpria a função de informar e, ainda que a alfabetização fosse coisa para poucos, as notícias se multiplicavam e tomavam as ruas. O que saía no jornal era tomado como verdade.

Publicado em Mundo

Está aí o novo Jornal MAPA (nº 18, Novembro-Janeiro). Um olhar sobre o racismo e habitação: a história de bairros de exclusão como as Pedreiras, em Beja, por entre a histórica perseguição à comunidade cigana; e a publicação de uma carta dos moradores do bairro 6 de Maio na Amadora.

Publicado em Portugal

Em sua coluna do Globo, de 05/11, Dorrit Harazim informa que em janeiro de 1944, em plena Segunda Guerra Mundial, uma agência estadunidense de inteligência e espionagem precursora da CIA, publicou um documento secreto chamado “Manual de Sabotagem Simples”.

Publicado em Opiniom Própria

Em 2011, no artigo “Reflexões sobre a mais-valia ideológica”, Elaine Tavares, apresentava um interessante conceito do marxista venezuelano Ludovico Silva.

Publicado em Opiniom Própria

[Caio Almendra] "A commodity mais valiosas do mundo é informação e não petróleo". A manchete é de uma reportagem de Maio do The Economist. Mas alguém sabe explicar o porquê?

Publicado em Mundo
Segunda, 07 Agosto 2017 13:29

Jornalismo livre?

[Carlos Completo] O tipo de tratamento que alguns órgãos da comunicação social deram aos dolorosos acontecimentos recentes em Pedrógão Grande foi pretexto para a vinda a lume de fortes críticas a parte do jornalismo que hoje se pratica em Portugal.

Publicado em Portugal

[Roberto Quaglia] Do ponto de vista econômico, o mundo já é multipolar, e a parte dos EUA no PIB mundial estava (em 2013) em torno de 18%, e em declínio constante. Assim sendo, como é possível que os EUA ainda dominem globalmente? A razão não está no orçamento militar gigantesco, porque não é realistamente possível bombardear o mundo inteiro.

Publicado em Mundo

[Rodrigo] O presente trabalho tem como objetivo situar a imprensa como ferramenta de organização e mobilização da classe trabalhadora, tendo como problemática principal o uso dos jornais em uma formação marxista e no rito das tarefas do proletariado.

Publicado em Brasil

[Stephen Lendman; Tradução do Coletivo Vila Vudu]  E os desgraçados pais pagam $63 mil dólares por ano para que os desgraçados filhos tenham cama, comida e professores... para serem mal ensinados?! 

Publicado em Mundo

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar