Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Segunda, 14 Agosto 2017 23:36

Nova greve dos médicos à vista. Médicos com mais de 55 anos nas urgências? Desculpe, foi erro…

Avalie este item
(0 votos)
País: Portugal / Laboral/Economia / Fonte: ACP-PI

Sindicatos dos médicos e Governo voltaram a reunir esta sexta-feira dia 11 de agosto. Em cima da mesa estão três principais reivindicações, já antigas e que inclusive fizeram parte do caderno de reivindicações da greve de 10 e 11 de maio deste ano, mas que permanecem sem qualquer resposta por parte do Executivo:

  • A redução do número de horas de urgência de 18 para 12 horas semanais;
  • A redução do número de horas extraordinárias de 200 para 150 horas por ano;
  • A diminuição das listas de 1900 para 1550 utentes por médico de família.

Estas exigências dos médicos correspondem tão-só à reversão de medidas impostas pela troika entre 2011 e 2013 e que trouxeram uma perda real de salário para estes profissionais de saúde, à semelhança de muitos outros portugueses. Além disso, ditaram uma penosa degradação das condições de trabalho, com avultadas cargas horárias e número de atendimentos, o que se reflete na qualidade dos serviços prestados aos utentes. O ex-Presidente da República Jorge Sampaio alertou mesmo, no último Conselho de Estado no passado dia 21 de julho, que há profissionais de saúde a assegurar trabalho “no limite das suas capacidades”.

Às reivindicações dos sindicatos, o Ministério da Saúde respondeu com a proposta de que os médicos mais velhos, que estão isentos do serviço de urgência a partir dos 55 anos, passassem obrigatoriamente a prestar um período de 6 horas semanais naquele serviço. Uma proposta que foi considerada ultrajante e indigna pelos sindicatos e pela Ordem dos Médicos, por não ter em conta a penosidade das urgências. Nesta reunião de 11 de agosto, a delegação governamental veio reconhecer que tal proposta se tratava, afinal, de um erro…

Contudo, as negociações entre o Governo e os sindicatos, que se arrastam há já cerca de ano e meio, permanecem com questões por resolver. No horizonte paira a ameaça de greve, que seria a segunda este ano. A acontecer, estaria prevista para a primeira semana de outubro, após as autárquicas, a fim de não interferir com o processo eleitoral. Para já, ficou agendada nova reunião para 18 de agosto, na qual o Governo se compromete a apresentar novo documento negocial. A posição dos dois sindicatos médicos (Federação Nacional dos Médicos e Sindicato Independente dos Médicos) conta com o apoio da Ordem dos Médicos. O Bastonário Miguel Guimarães escreveu um artigo de opinião publicado no Diário de Notícias no dia 11 de agosto, em defesa do respeito e dignidade da profissão.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar