Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Sexta, 09 Março 2018 19:52 Última modificação em Quarta, 14 Março 2018 21:11

Portugueses trabalham mais de 41 horas por semana

Avalie este item
(1 Voto)
País: Portugal / Laboral/Economia / Fonte: Abril Abril

Entre 2008 e 2016, os portugueses passaram a trabalhar, em média, mais uma hora por semana, estando muito acima da média europeia. Só em quatro países da União Europeia se trabalha mais tempo.

Os portugueses trabalharam, em média, em 2016, 41,1 horas semanais, apesar de o limite semanal que consta do Código do Trabalho ser de 40 horas. A média da União Europeia foi de 40,3 horas e para os trabalhadores alemães de 40,4 horas, de acordo com um estudo do Observatório das Desigualdades (ISCTE-IUL), citado pelo Jornal de Notícias.

Só no Reino Unido, no Chipre, na Áustria e na Grécia os trabalhadores cumpriam, em média, um horário semanal superior aos portugueses, dos 28 estados-membros da União Europeia. Na vizinha Espanha ou em França o valor é inferior à média europeia, ficando nas 39,9 e nas 39 horas, respectivamente.

Estes números são possíveis através de mecanismos de desregulação dos horários de trabalho introduzidos nos últimos anos na lei laboral, como os bancos de horas e o conceito de adaptabilidade. Actualmente, através destes mecanismos, é possível estender o período normal de trabalho pode ser estendido até mais quatro horas por dia e 60 horas por semana.

O PCP agendou para a próxima quarta-feira a discussão das suas propostas de revogação destas normas, na Assembleia da República. O Governo já assumiu o compromisso de travar o banco de horas, mas apenas quando resulta de um acordo individual entre o trabalhador e a empresa. O grupo parlamentar do PS vai ter de assumir, nesta matéria, se vai convergir com o PSD e o CDS-PP ou se contribui para inverter a desregulação dos horários de trabalho.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar