Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Domingo, 28 Agosto 2016 20:59

Forte adesão à greve dos APA

Avalie este item
(0 votos)
País: Portugal / Laboral/Economia / Fonte: Abril Abril

A «maior greve da história dos assistentes de portos e aeroportos (APA)» regista uma adesão de 80%. Trabalhadores não cederam à chantagem e cumprem paralização de 24 horas pela defesa dos seus direitos.

A acção foi considerada pelo SITAVA como a «maior greve da história dos APA» e acontece depois de um processo de chantagem sobre os trabalhadores e da tentativa de aplicação de um despacho sobre serviços mínimos que o Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa suspendeu.

Em causa está a greve ao trabalho extraordinário dos trabalhadores da Prosegur e da Securitas, que asseguram o raio-x da bagagem de mão e o controlo dos passageiros e também dos trabalhadores dos aeroportos. A paralisação de 24 horas foi marcada após mais de nove meses de negociações entre o sindicato e a Associação das Empresas de Segurança (AES) para a celebração de um novo Contrato Colectivo de Trabalho (CCT).

No pré-aviso de greve da Prosegur, o SITAVA acusa as empresas de segurança de «insistir em regimes inadequados de organização de tempos de trabalho, pondo em causa a segurança aeroportuária, a própria saúde dos trabalhadores e a consequente diminuição exponencial dos níveis de concentração para o exercício de tão importantes funções».

Simultaneamente, o sindicato denuncia que a empresa só aceitaria a proposta de revisão salarial apresentada pelo SITAVA para o ano de 2016, se o sindicato aderisse a um CCT onde consta o regime de banco de horas, o regime de adaptabilidade, o regime de trabalho concentrado e o regime de trabalho fraccionado, ou seja, «regimes de flexibilização de trabalho totalmente desadequados para o ambiente aeroportuário».

A esta hora decorrem concentrações de trabalhadores nos aeroportos do Porto, na zona de chegadas, e de Lisboa, à saída do metropolitano.

O SITAVA confirma uma adesão à greve de 80% no aeroporto de Lisboa, de mais de 60% no Porto e de cerca de 50% em Faro.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar