Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 07 Junho 2016 00:54 Última modificação em Sexta, 10 Junho 2016 10:05

Peru: Derrota do fujimorismo

Avalie este item
(0 votos)
País: Peru / Institucional / Fonte: O Diário

[Os editores] Pedro Pablo Kuzcynski (77 anos) é o presidente eleito do Peru.

Foi uma vitória tangencial obtida na reta final da campanha. Há oito dias as sondagens atribuíam à adversária, Keiko Fujimori, cinco a sete pontos de vantagem. Mas nos últimos dias graves acusações sobre o financiamento da sua campanha por mafias do narcotráfico e grandes manifestações de protesto na capital arruinaram a sua candidatura. Segundo os números oficiais divulgados ate ao mento em que escrevemos, perdeu por uma diferença de apenas 1%.

Keiko que nas últimas eleições fora muito criticada por exigir a libertação do pai, que cumpre sentença de25 anos de prisão, absteve-se desta vez de abordar o tema.

Mas a sua campanha foi desde o início apoiada pelo fujimorismo. Ela manteve-se sempre solidaria com o pai apos a prisão e condenação por corrupção e crimes contra a humanidade durante uma ditadura brutal. Alberto Fujimori foi nomeadamente responsabilizado pela esterilização de 370 000 mulheres.

Keiko distanciou-se da mãe, Suzana, que acusou Fujimori de a mandar encarcerar e submeter à tortura. Um dos irmaos tomou alias posição contra a candidatura da jovem.

O Peru é no mundo o país com maior número de assassínios per capita. A enfase de Keiko na «segurança para o povo» valeu-lhe o apoio de milhões de Fujimoris tas que admiram o ex-presidente por ter praticamente destruído as organizações guerrilheiras e por combater com êxito a violência, embora à custa de uma repressão criminosa.

Pedro Pablo Kuzcynsky, conhecido como PPK, filho de um judeu alemão e de uma francesa, é um político e empresário de sucesso. Doutorado em filosofia e Economia pela Universidade de Oxford, foi ministro dos governos dos presidentes Belaunde Terry e Alejandro Toledo. Ideologicamente é um político de direita, membro do famoso Clube de Bildelberg.

Derrotado nas eleições de 2011, comprometeu-se durante a campanha da segunda volta, como candidato de Peruanos para el Kambio, a aumentar o PIB em 5%

Deve a sua vitória ao medo inspirado pelo eventual regresso ao poder do fujimorismo através de Keiko. Recebeu por isso o apoio de todas as forças políticas anti- Fujimori, incluído o do Frente Amplio, de esquerda radical.
A tarefa de Kuzcynski será dificultada por Keiko contar no parlamento com 73 deputados num total de 130.

Ollanta Humala, ex militar torcionário, o presidente cessante, termina o mandato desprestigiado e em conflito permanente com a classe trabalhadora. Apresentou-se como populista revolucionário, mas, engavetando os compromissos assumidos, realizou uma política de direita de total submissão ao imperialismo norte-americano.

OS EDITORES DE ODIARIO.INFO

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar