Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Domingo, 24 Fevereiro 2019 08:57 Última modificação em Terça, 12 Março 2019 00:42

11 perguntas que um jornalista minimamente decente deveria fazer a Donald Trump sobre a Venezuela Destaque

Avalie este item
(2 votos)
País: Estados Unidos / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Diário Liberdade

[Eduardo Vasco] Se houvesse jornalistas imparciais na imprensa norte-americana ou nos grandes meios de comunicação internacionais, algum deles deveria fazer as seguintes perguntas a Donald Trump, que quer a todo o custo derrubar o governo da Venezuela:

1. O senhor foi eleito com menos votos recebidos da população do que a sua adversária na corrida presidencial. As últimas pesquisas de opinião indicam que uma maioria crescente dos cidadãos dos EUA desaprova o seu governo. Alguém poderia dizer que o senhor nunca teve o apoio da maioria dos norte-americanos. O senhor estaria disposto a deixar o poder?

2. Digamos que a presidente da Câmara dos Representantes utilizasse o argumento, baseado no que falei anteriormente, de que o senhor não tem apoio da população. E então ela se autoproclamasse presidente dos EUA, convocasse uma insurreição popular, pedisse aos militares que não o reconhecessem e pedisse ajuda a outros países para o derrubarem, o que o senhor faria?

3. Segundo dados revelados em setembro do ano passado pela ONG Poor People's Campaign, 43% dos norte-americanos estão na pobreza. Os EUA aceitariam ajuda humanitária de outros países para resolver essa situação?

4. Se não aceitariam, o que fariam caso esses países tentassem entregar essa ajuda através das fronteiras dos EUA com o México e o Canadá, mesmo sem o seu consentimento?

5. Por que o senhor reprime imigrantes para que não entrem no país e quer construir um muro na fronteira com o México, mas critica Maduro por fechar a fronteira da Venezuela?

6. Por que o senhor é contra a entrada de latino-americanos nos EUA mas paga aos países vizinhos da Venezuela para que recebam imigrantes venezuelanos?

7. Se os EUA estão tão preocupados com a vida dos venezuelanos, com a fome e a saúde deles, por que bloquearam US$ 30 bilhões nas contas da Venezuela, dos quais uma parte poderia ser destinada à compra de alimentos e medicamentos?

8. Rússia, China e Cuba enviaram nos últimos dias mais de 1,2 mil toneladas de ajuda humanitária à Venezuela. Não era isso que os EUA queriam que a Venezuela recebesse?

9. Por outro lado, a ajuda humanitária que os EUA e seus aliados dizem estar enviando à Venezuela é muito menor do que isso. Por que os EUA insistem em enfiar à força na Venezuela uma quantia ínfima de produtos básicos como ajuda humanitária?

10. Além disso, por que a ajuda humanitária dos EUA representa somente 6% do que o governo venezuelano distribui a 6 milhões de famílias em um único dia através dos CLAP?

11. O Haiti sempre foi o país mais miserável da América Latina, e continua sendo até hoje. Por que os EUA nunca se preocuparam em enviar ajuda humanitária aos haitianos?

Obs: se algum membro do governo brasileiro ou apoiador da intervenção estrangeira na Venezuela quisesse tomar as dores de Trump, o jornalista poderia deixar que eles respondessem também.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar