Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 27 Setembro 2016 01:19 Última modificação em Segunda, 26 Setembro 2016 20:24

Abstençom 817.702 – PPdeG 676.676

Avalie este item
(0 votos)
País: Galiza / Institucional, Batalha de ideias / Fonte: RA Abordaxe

Por O gajeiro na gávea. A falha de computar os votos do Censo Eleitoral de Residentes Ausentes (CERA), a abstençom optem 141.026 apoios mais que o PPdeG, a força partidista á

que todos os falsimédias e participantes da carreira eleitoral reconhecem e dam como gram vencedora na contenda de ontem.Se bem os dados oficiais oferecidos até agora, além de provisórios tenhem algum erro, pois a suma de abstençons e votos emitidos dá umha suma que supom 177 eleitoras de mais que, na minha valoraçom destes resultados e como gesto de generosidade, opto por restar-lhos a abstençom; com o que, ainda assim, o resultado provisional daria a abstençom 140.849 apoios mais que ao PPdeG.

Mas esta diferência tende ao abismo se temos em conta os dados de participaçom que conhecemos do  CERA (censo no que a dia de hoje figuram registradas 446.269 galegas, que supom representar já ao 16,1% do eleitorado galego; a meirande proporçom da história). E assim nas eleiçons de ontem só solicitarom o voto 17.871 pessoas, o 4% do CERA. Com o que, mesmo dando por feito que todas quantas pediram o voto, foram depois deposita-lo nas urnas ubicadas nas embaixadas e consulados, haveria umha abstençom mínima de 1.245.923 pessoas!! o 46’11% do eleitorado chamado ás urnas; e mesmo situándo-me no hipotético caso de que todos esses votos rogados fossem parar o PPdeG, este obteria um máximo de 694.547 votos; o que é o mesmo 551.376 apoios menos que a abstençom.

votos2

E já para rematar esta minha analise, dizer que do total de votantes residentes na Galiza, o PPdeG obtem só um 30% do total (nem sequer 1 de cada 3 pessoas com direito a voto) e se temos em conta o CERA, mesmo com as condiçons mais vantajosas para o PPdeG, como muito o voto a esta opçom representará um 25’7%, ou seja só 1 de cada 4 pessoas com direito a voto, deu-lhe a maioria absoluta a esta opçom partidista, ou o que é o mesmo, 3 de cada 4 galegas com direito a voto nom optou por este governo maioritário do PPdeG.

Onde fica entom isso que chamades democracia representativa??

Como se come isso de que umha opçom que recebe só o apoio do 25% do censo total, pode governar com maioria absoluta e fazer o que lhe pete??

O chamam democracia e nom o é!! Oé, oé, oé,…

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar