Publicidade

Diário Liberdade

[José Goulão] Aqueles que se proclamam faróis dos direitos humanos financiam terrorismos com o dinheiro dos contribuintes e varrem o problema dos refugiados para debaixo do tapete, tratando-os como lixo.

Publicado em Mundo

[Nazanin Armanian, traduçom do Diário Liberdade] Recuperamos um interessante texto da especialista iraniana em temas do Médio Oriente, de 2015, sobre o papel e interesses de Israel na guerra multinacional da Síria.

Publicado em Mundo

[Pepe Escobar, Asia Times, tradução do Vila Vudu] Há mais paralelos que o olho não alcança, entre uma guerra dos anos 50s que nunca foi encerrada no nordeste da Ásia e outra guerra que já dura 16 anos, no ponto em que se cruzam a Ásia Central e o Sul da Ásia. Comecemos pela República Popular Democrática da Coreia ("Coreia do Norte").

Publicado em Mundo

O presidente Sírio, Bashar Assad, disse que não vê papel dos EUA ou de sua coalizão na Síria enquanto estiverem apoiando terroristas.

Publicado em Mundo

[Jon Hellevig, tradução de Vila Vudu] Libertação de Deir ez-Zor está próxima.

Publicado em Mundo

Dezenas de pessoas, até 30 segundo TeleSur, terám morrido por ataques aéreos da aviaçom saudita contra zonas residenciais da província de Sã'a, a oeste do Iémen.

Publicado em Mundo

Os soldados libaneses encontraram armas sofisticadas de produção norte-americano em posições abandonadas pelos combatentes da Frente al-Nusra, informa a agência de notícias Reuters, citando uma fonte nos serviços de segurança do Líbano.

Publicado em Mundo

O ministério das Relações Exteriores da Síria afirmou ter descoberto armas químicas fabricadas nos Estados Unidos e no Reino Unido com os grupos de oposição no país.

Publicado em Mundo

O vice-ministro sírio dos Negócios Estrangeiros, Faisal Mekdad, afirmou esta quarta-feira que as armas químicas usadas no ataque a Khan Shaykhoun são de fabrico britânico e norte-americano.

Publicado em Mundo

[Tradução do Coletivo Vila Vudu] Desde que Trump fez ameaças de "fogo e fúria" contra a República Popular Democrática da Coreia (RPDC), passou a haver certa sanidade entre as autoridades. A conversa sobre ataques preventivos contra a RPDC entre a comunidade dos entendidos praticamente acabou. Jamais houve qualquer possibilidade séria. A Coreia do Norte tem muitas opções para retaliar contra qualquer ataque e todas virão acompanhadas de danos catastróficos à Coreia do Sul e ao Japão e, portanto, aos interesses dos EUA na Ásia.

Publicado em Mundo

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar