Publicidade

Diário Liberdade
Quinta, 14 Março 2019 12:35

Império do mau caráter

Assim como nos séculos XVIII e XIX houve uma valorização na percepção da classe trabalhadora explorada pelas elites por filósofos humanistas com pensamentos religiosos ou ateus que defendiam os princípios éticos e valorizavam a dignidade, apesar de divergirem na ação social generosa em lugar da solidáriedade, no século XX o sistema capitalista fortaleceu-se com a imposição de ações falsas vestidas de princípios democráticos e humanistas.

Publicado em Opiniom Própria

[André Cintra] Em 2019, comemoramos os 130 anos do nascimento da escultora Vera Mukhina, a “Artista do Povo”, expoente do realismo socialista. Seu nome já não soa tão familiar nos meios comunistas e feministas. Mas trata-se de uma das mulheres que alcançaram maior prestígio na antiga União Soviética (URSS), sobretudo por conta do monumento “O Operário e a Mulher Kolkosiana” (1937).

Publicado em Mundo

O início do ano de 1959 corresponde a uma data muito especial para o mundo do jazz.

Publicado em Mundo
Quarta, 26 Dezembro 2018 17:50

Então é Natal?

[Mazé Leite] A data de 25 de dezembro está simbolicamente ligada a festividades e rituais que datam de milhares e milhares de anos.

Publicado em Mundo

[Sandro Ari Andrade de Miranda] Não existe um mapa histórico definitivo sobre o início da indústria de animação no Japão. O certo é que em 1917 temos o registro do primeiro fotograma de animação nos cinemas da “Terra do Sol Nascente”. Mas foi somente no pós-guerra que tivemos a explosão deste segmento, interligado com o mercado editorial dos mangás e das ligth-novels e, posteriormente, dos games. Na década de 1980, empurrados pelo sucesso do Stúdio Ghibli (hoje incorporado pela Disney), os animes invadiram o mundo ocidental com extraordinário sucesso, criando uma faixa própria de consumidores, especialmente em razão das séries e da sua associação com os mangás.

Publicado em Mundo

Entre outubro e dezembro deste ano 2018, a veterana entidade cultural corunhesa realizará sete palestras de tema galego.

Publicado em Galiza
Quinta, 06 Setembro 2018 23:10

O deserto no lugar do Museu

O antropólogo Viveiros de Castro é conhecido e respeitado mundialmente. Professor do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, ele falou sobre o incêndio que destruiu a instituição ao site Público.

Publicado em Opiniom Própria

[Afonso Costa*] A tragédia que se abateu sobre o Museu Histórico Nacional expressa a sanha do capitalismo na busca incessante por lucro. O descaso de sucessivos governos, acentuado pelo golpismo, é o instrumento utilizado para tal barbárie; advém de quem só dá valor ao que proporciona lucro para o capital.

Publicado em Brasil

"É uma tragédia para a cultura", diz diretor de Museu Nacional, Paulo Knauss, diante das imagens das instalações em chamas em entrevista à GloboNews.

Publicado em Brasil

Fruto da auto-organizaçom popular, o clássico de Salvaterra de Minho atinge a ediçom número 32, com a legenda "que nom te silenciem".

Publicado em Galiza

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar