Publicidade

Diário Liberdade

[Thierry Meyssan, tradução de Alva] Os anúncios e desmentidos da Administração Trump sobre os movimentos militares no Norte da Síria revelam um segredo negro. Paradoxalmente, a Turquia acaba por vir em socorro dos Estados Unidos para corrigir «o erro» dos seus funcionários superiores.

Publicado em Mundo

[Elijah J. Magnier, Tradução do Coletivo Vila Vudu] O "Estado Islâmico" (ing. ISIS) foi derrotado no Iraque e na Síria, apesar de ainda restarem uns poucos bolsões táticos. Mais importante, depois da decisão da comunidade internacional e dos outros países na região de pôr fim à guerra na Síria, al-Qaeda enfrenta lutas internas, tendo de, ao mesmo tempo reconhecer a derrota e aceita a impossibilidade de mudar o regime na Síria e dividir o território do Iraque. Significa que o extremismo sangrento que atingiu o Oriente Médio estaria superado e nunca mais voltará? Será que organizações terroristas sabem se auto-reformatar, inventar novas griffes ou recuperar o controle que um dia tiveram?

Publicado em Mundo

[Tradução de Alva] Podemos assinalar que existem várias publicações sobre o tráfico de armas e munições com destino à Síria e ao Iraque.

Publicado em Mundo

[9/12/2017, Tradução do Coletivo Vila Vudu] O Estado Islâmico na Síria e Iraque está oficialmente derrotado. A Resolução da ONU que permitia que outros países lutassem contra oISIS dentro dos territórios de Síria e Iraque já não tem validade. Mas os militares dos EUA, apesar de não terem qualquer base legal, querem porque querem continuar a ocupar o nordeste da Síria. A tentativa para fazer tal coisa dará em nada. Os aliados curdos dos EUA na área já estão saindo de lá e agora preferem a proteção dos russos. Estão em formação grupos guerrilheiros para lutar contra a "presença" dos EUA. O plano dos EUA é caolho, estúpido. Se os EUA insistem em permanecer na Síria, muitos soldados norte-americanos morrerão.

Publicado em Mundo

O ministério russo de Defesa (Mindef) recusou hoje os argumentos do Pentágono com respeito a uma suposta invencibilidade do movimento terrorista Estado Islâmico (EI) e considerou essa declaração como um pretexto norte-americano para permanecer em Síria.

Publicado em Mundo
Domingo, 26 Novembro 2017 17:47

Guerra na Síria, paz de Sochi

[Pepe Escobar, Tradução do Coletivo Vila Vudu] Numa bem coreografada reunião, o presidente Vladimir Putin da Rússia define um futuro de paz para a Síria, depois de o país ser libertado da ocupação por terroristas.

Publicado em Mundo
Sexta, 17 Novembro 2017 11:28

O segredo do renascimento do Iraque

[Pepe Escobar, Tradução do Coletivo Vila Vudu] Numa manhã varrida por tempestades de areia em Bagdá no início da semana passada, Abu Mahdi al-Muhandis – legendário vice-comandante das Hashd al-Shaabi, as Unidades de Mobilização do Povo, UMPs [ing. People Mobilization Units, PMUs] e o cérebro ativo em numerosas batalhas em campo contra o ISIS/Daech – reuniu um pequeno grupo de jornalistas e analistas estrangeiros independentes.

Publicado em Mundo

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, criticou hoje (16) os pretextos expostos pelos Estados Unidos para justificar sua presença militar na Síria, inclusive uma suposta resolução do Conselho de Segurança da ONU.

Publicado em Mundo
Segunda, 06 Novembro 2017 16:18

"Despertar" sírio rumo a Albu Kamal

[Elijah J. Magnier, Tradução do Coletivo Vila Vudu] Depois do fracasso do referendum dos curdos iraquianos e do projeto de dividir o Iraque, a questão a ser examinada é o papel que a Síria desempenha, mesmo com o grupo 'Estado Islâmico' [ing. ISIS] já em lenta decomposição, encurralado na região da fronteira entre Deir Al-Zour e Albu Kamal. Mas os EUA parecem decididos a abocanhar parte do território sírio, permitindo que os curdos sírios controlem o nordeste da Síria, especialmente as áreas ricas em petróleo e gás. Conseguirão os EUA com isso impor uma agenda política a Damasco, no fim da guerra?

Publicado em Mundo

[6/9/2017, Sharmine Narwani, Tradução do Coletivo Vila Vudu] Telavive passou por semanas difíceis. Um equilíbrio de poder que lhe havia sido favorável mudou repentinamente, numa direção que amarra as asas de Israel – e bem quando adversários que operam junto às fronteiras vão obtendo rápidos ganhos estratégicos.

Publicado em Mundo
Página 1 de 4

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar