Publicidade

Diário Liberdade
Segunda, 10 Setembro 2018 12:30

Agostinho Neto na memória de Angola

O fundador da nação angolana, Antonio Agostinho Neto (1922-1979), está hoje na memória coletiva, 39 anos depois de sua morte e às vésperas de seu 96º aniversário.

Publicado em Mundo

Pelo menos 18 pessoas, incluindo dois chineses, morreram em uma colisão de dois trens em Bibala, na província de Namibe, no sul de Angola, na terça-feira, segundo as autoridades locais.

Publicado em Mundo
Domingo, 17 Junho 2018 09:24

Seca ameaça Angola

Angola terá no futuro um agravamento dos episódios de seca, de acordo com um comunicado do Programa de Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) publicado hoje.

Publicado em África/Ásia

A mídia internacional disse recentemente que a Coreia Popular tem conseguido ajuda de países africanos para driblar o bloqueio criminoso imposto pelos EUA e seus lacaios. Embora muito do que se diga não passe de difamações para pressionar uma ruptura nas relações da Coreia com esses países, é provável que parte dessas histórias seja verdadeira.

Publicado em África/Ásia

"A política não é dolorosa para quem gosta dela"

Publicado em África/Ásia

Foi inaugurado ontem o Memorial à Batalha de Cuito Cuanavale, no sul de Angola, como homenagem às forças angolanas e cubanas que derrotaram grupos armados apoiados pelo regime do apartheid sul-africano.

Publicado em África/Ásia

A VII edição do FestiNeto, em homenagem ao primeiro presidente angolano Antonio Agostinho Neto, começou hoje (15) no palco onde se proclamou a independência do país há quase 42 anos.

Publicado em África/Ásia

Quase 9,5 milhões de angolanos estão aptos para as eleições gerais de agosto deste ano, anunciou hoje [12] o vice-ministro de Administração do Território Adao de Almeida.

Publicado em África/Ásia

A Associação de Médicos de Angola (AMA) assegurou hoje [04] que a proibição total do aborto, tal como prevê o projeto de novo código penal, dará lugar à perda de vidas.

Publicado em África/Ásia

[Roberto Hernández] Angolanos e cubanos destacaram o humanismo do líder da Revolução, Fidel Castro, por ocasião de se completarem 40 anos de sua primeira visita a Angola, de 23 a 27 de março de 1977.

Publicado em América Latina
Página 1 de 2

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar