Publicidade

Diário Liberdade

Bombardeios terroristas deixaram enorme destruição nas zonas povoadas do campo noroeste da província síria de Hama, localizada a 265 quilômetros ao norte da capital Damasco.

Publicado em Mundo

Uns 20 membros de milícias curdas apoiadas pelos EUA estão a ser treinados pelo serviço de informações israelita. O primeiro passo é formar uma «Mossad curda» capaz de realizar operações de espionagem na região.

Publicado em Mundo

Incêndios consumiram vastas áreas cultivadas com trigo e cevada nas províncias de Hasaka e Deir ez-Zor. Agricultores responsabilizam milícias curdas apoiadas pelos EUA e células adormecidas do Daesh.

Publicado em Mundo

O vice-ministro sírio de Relações Exteriores, Feisal Mekdad, confirmou que se intensificam as negociações com as forças curdas no norte do país, ante uma possível ofensiva da Turquia.

Publicado em Mundo
Terça, 25 Dezembro 2018 21:22

Turquia reforça presença militar na Síria

A Turquia está a mobilizar efectivos e equipamento pesado para o território sírio ocupado próximo de Manbij. A cidade é a única do Rojava a oeste do Eufrates fora do controlo das forças pró-turcas.

Publicado em Mundo

Um ataque da «coligação internacional» provocou pelo menos 17 mortos nas imediações de Hajin (Deir ez-Zor). Entretanto, milhares de refugiados e deslocados regressam a Daraya libertada (Damasco Rural).

Publicado em Mundo

Rússia acredita que a presença ilegal dos EUA na Síria tem o propósito de desmembrar a soberania do país, disse a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

Publicado em Mundo

[Valter Xéu] Raras são as semanas em que a coalizão liderada pelos EUA na Síria não mata dezenas e dezenas de civis, um verdadeiro genocídio em que o mundo não dá a mínima, afinal para o Ocidente, matar vinte, trinta, uma centena de civis da região do Oriente Médio, exceto se forem israelenses, tanto faz como tanto fez.

Publicado em Mundo

A chancelaria da Rússia declarou nesta sexta-feira (2) que existem muitas evidências de que a organização Capacetes Brancos é uma ramificação da Frente al-Nusra.

Publicado em Mundo

[Elijah J. Magnier, Tradução da Vila Vudu] Muito ceticismo cerca o destino da cidade de Idlib depois do acordo firmado entre os dois presidentes, Vladimir Putin e Recep Tayyip Erdogan, que levou à suspensão da operação militar longamente esperada contra os jihadistas e seus aliados. Só uns poucos detalhes do acordo foram revelados, mas o suficiente para lançar dúvidas sobre se é plenamente válido e sustentável. Mesmo assim, há otimismo generalizado no lado russo, iraniano e turco – e os jihadistas em Idlib e arredores já não veem uma confrontação como inevitável. A diferença chave agora, depois do acordo Putin-Erdogan, é que a Turquia não mais estará presente para defender jihadistas, nem Erdogan agitará o caldeirão europeu, com ameaças de um “êxodo de milhões” (para o velho continente), alavanca para impedir a batalha de Idlib.

Publicado em Mundo

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar