Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 09 Novembro 2019 12:05

PCB analisa liberdade de Lula

Divulgamos a análise emitida pela Comissão Política Nacional do Partido Comunista Brasileiro.

Publicado em Artigos em destaque

Ao montarmos um puzzle, revelamos a imagem nele escondida, bonita ou feia. Mas, para isso, as pequenas peças devem ser encaixadas, todas, corretamente, sem forçá-las. Na madrugada do dia 7, quarta-feira, passava no Congresso, em segunda votação, a destruição do sistema publico e privado de pensões, por 370 a 124 votos.

Publicado em Opiniom Própria
Terça, 13 Agosto 2019 14:05

Haddad é a última pá de cal no PT

[Mário Maestri] Em 1979, o Brasil era estremecido por avassalador movimento grevista, dirigido pelas oposições sindicais e pelos sindicalistas autênticos.

Publicado em Opiniom Própria

[Mário Maestri & Paulo Érico Cardoso] O imperialismo estadunidense segue na direção geral do governo. Os grandes proprietários -e suas fantasmagorias- prosseguem abraçando o programa golpista de institucionalização de nova ordem neocolonial para o país.

Publicado em Opiniom Própria

"Todas as sugestões serão benvindas, nunca a ingerência", como referiu Wang Yi, Ministro das Relações Externas da China ao apresentar plano para solucionar políticamente os conflitos. Na tradição do pensamento milenar oriental, esta afirmação deve ser adotada como um ditado popular e filosófico.

Publicado em Opiniom Própria

[Valter Xéu*] Ô país! Um juiz que espertamente (essa é a palavra) lutou todo o tempo para manter na prisão o ex-presidente Lula, disparado em todas as pesquisas de opinião como eleito no primeiro turno. Um juiz que usou de todos os artifícios, as delações premiadas ou não, onde só ganhava tornozeleira eletrônica quem incriminasse o ex-presidente e que mesmo sem provas, os  amigos do juiz no judiciário fizeram de tudo para mostrar que estavam julgando com lisura quando na verdade estava apenas fazendo parte de um jogo que começou a quatro anos atrás e ai não se pode dizer que a Procuradoria da República, e o próprio Congresso onde as ratazanas que sempre se fartam do dinheiro público assim como aquele pessoal cujo prédio tem uma estátua de uma mulher com os olhos vendados e segurando uma espada.

Publicado em Brasil

Os primeiros dias da campanha eleitoral estão marcados por uma enorme campanha a favor de que se evite a “radicalização”, feita pelos grandes monopólios capitalistas das comunicações, dominados por meia dúzia de famílias que  compõem um dos pilares fundamentais do regime golpista. Trabalham com afinco nessa campanha os “analistas” da imprensa burguesa, defensores do golpe de Estado que derrubou a presidenta Dilma Rousseff, da criminosa operação Lava Jato que levou à condenação sem provas e à prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os políticos que defendiam o “plano A” da burguesia golpista, com a candidatura do ex-governador e presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, ou o mesmo o “plano c”, com a candidatura Ciro Gomes.

Publicado em Brasil

[Eduardo Vasco] No regime burguês, todas as eleições, mesmo nos países mais democráticos, são sempre controladas pelos capitalistas. Ainda mais no Brasil, um país da periferia com uma democracia burguesa atrasada – como não poderia deixar de ser – não houve sequer uma única eleição que não tivesse sido fraudada. Após o golpe que derrubou Dilma Rousseff (PT) da presidência, em 2016, ficou claro que a burguesia iria endurecer o controle sobre todas as instituições do Estado. E foi isso que ela fez, colocando tudo sob o controle da direita golpista e pró-imperialista: Judiciário, Executivo, Legislativo, Forças Armadas, polícias e imprensa.

Publicado em Brasil

[Antônio Eduardo Alves] Neste 11 de setembro de 2018, a direção do PT intimidada e acuada por uma feroz campanha de cerceamento dos direitos democráticos do ex-presidente Lula, preso injustamente em Curitiba, resolveu substituir a candidatura do principal líder político do país, que se encontrava na dianteira em todas as soldagens eleitorais.

Publicado em Brasil

Que não sobre nada da América Latina progressista, nenhum rastro do Niño Arañero [Hugo Chávez (NT)], de Néstor, de Lula, de Dilma, nenhum vestígio de Evo, de Correa, de Maduro, nenhuma marca de Mujica, de Lugo, de Manuel Zelaya. E, obviamente, nenhum indício de Cristina. E que não reste dúvida alguma de que também tentarão destruir Lopez Obrador. Destruir os líderes para destruir o povo. Destruir a memória histórica porque destruindo a raiz não há broto algum e os povos despelados se tornam marionetes e massa amorfa manipulável para os criminosos da oligarquia latino-americana e mundial.

Publicado em Opiniom Própria

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar