Publicidade

Diário Liberdade

[Nazanín Armanian, traduçom do Diário Liberdade] Completárom-se quase quatro décadas desde que o povo iraniano conseguiu pôr fim à monarquia absolutista de Mohammad Reza Pahlavi, o Xá, aliado nom fiável de EUA.

Publicado em Artigos em destaque

Derrotar a oposição "Made in CIA" e construir uma alternativa revolucionária ao regime reacionário dos aiatolás!

Publicado em Mundo

Muitas manifestações vêm ocupando as ruas de Teerã e outras cidades do Irã nos últimos dias.

Publicado em Mundo
Terça, 02 Janeiro 2018 21:36

Não haverá revolução colorida no Irã

[Pepe Escobar] Virtualmente tudo que alguém precisa saber sobre como [tentar] inventar uma revolução colorida no Irã pode ser lido em Which Path to Persia [Que trilha para a Pérsia], publicado em 2009 pela Brookings.

Publicado em Mundo

[Nazanin Armenian, traduçom do Diário Liberdade] “Esta é umha prova inequívoca de que o Irám está a fornecer armas ilegalmente” aos hutis iemenitas, afirmava a 14 de dezembro Nikki Haley, a embaixadora de EUA perante a ONU, enquanto mostrava a sucata de um míssil balístico de curto alcance.

Publicado em Mundo

Recentemente, o Catar declarou que quer recolocar seu embaixador em Teerã e "fortalecer os laços em todas as áreas" com o Irã.

Publicado em Mundo

O Irã é um país que não se rende aos Estados Unidos e com isso ele defende sua soberania e os países e conflitos em que acredita.

Publicado em Mundo

O Senado dos EUA aprovou com 419 votos a favor o projeto das novas sanções contra o Irã, a Rússia e a Coreia do Norte. O documento, denominado “lei para a luta contra os inimigos dos EUA através de sanções”, deve ser aprovado por Donald Trump.

Publicado em Mundo

O golfo Pérsico volta a ser testemunha de uma escalada de tensões entre o Irã e os EUA. Este último tem ampliado sua presença naval na área nos últimos anos. Teerã, que se sente ameaçado por estas ações, poderá responder com medidas cada vez mais firmes.

Publicado em Mundo

[Nazanin Armanian, traduçom do Diário Liberdade] Sem dar nengumha explicaçom e diante do assombro da delegaçom iraniana, a China rompia a sua promessa a Teerám, recusando o seu pedido de se converter em membro de pleno direito da Organizaçom de Cooperaçom de Xangai (OCS), que realizava a sua cimeira a 11 de junho em Astaná.

Publicado em Mundo
Página 1 de 2

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar